Breves

Atenção: Atenção este blogue etá optimizado para o Google Chrome e o Firefox com o internet explorer não conseguirá ver o conteudo //

domingo, 10 de julho de 2011

Essien pode ter carreira em risco!




E ao terceiro dia do novo Chelsea by André Villas Boas (treinador de 33 anos, o mais novo da Premier League, que trocou o cadeirão de sonho do FC Porto pelo aliciante projecto de Abramovich), terceira lesão grave de Michael Essien, médio ganês de 28 anos.

Contratação mais cara da história dos blues até ao verão de 2005 - o Chelsea pagou 24,4 milhões de libras, 27,2 milhões de euros ao câmbio actual, ao Lyon, superando os 26,8 milhões de euros que custou Drogba nesse mesmo verão - o calvário de Michael Essien começou em Setembro de 2008 num jogo ao serviço do Gana e no qual sofreu uma rotura do ligamento cruzado anterior do joelho direito. Seis meses depois estava de volta aos relvados, mas em Janeiro de 2010 nova contrariedade, agora no joelho esquerdo (e novamente com a camisola do Gana, no Campeonato Africano das Nações), que lhe hipotecou a presença no Mundial do ano passado na África do Sul.

Agora, e como não há duas sem três, novo balde de água fria para o poderoso médio defensivo blue, que no terceiro treino da nova época, em Cobham, voltou a ser traído pelo joelho que em 2008 o tirou seis meses dos relvados.
Essien lesionou-se na quinta-feira e, de acordo com os exames médicos que a A BOLA sabe que o médio já efectuou, o diagnóstico não é dos mais famosos: rotura de ligamentos, lesão que, no mínimo, implica uma paragem nunca inferior a seis meses. Porém, e como o médio de 28 anos é, passe a expressão, reincidente, corre o risco de não calçar em 2011/12 e na pior das hipóteses pode mesmo ser obrigado a dizer adeus ao futebol.

ABOLA

Sem comentários:

Publicar um comentário